Nascemos do AMOR, do CUIDADO, do CARINHO e de uma VONTADE GIGANTE de fazer o bem!

saiba mais

Acreditamos que o amor, o carinho, o profissionalismo e a comunicação são características fundamentais para exercer a função do "cuidar". Se você também acredita, junte-se a nossa rede de amigos e receba nossos e-books exclusivos (é grátis)!

        

Nossos Serviços


CONSULTORIAS

Padronize o serviço de cuidadores oferecido por sua empresa e agregue diferencial ao seu negócio

PALESTRAS

Escolha um dos temas oferecidos pela Babá dos Sonhos para fazer parte da grade de atividades do seu evento

CAPACITAÇÃO

Invista no desenvolvimento de profissionais que vão garantir o crescimento físico, psíquico e cognitivo de crianças

Quem conhece, recomenda


Seja um Franqueado


Tem interesse em oferecer os serviços da Babá dos Sonhos na sua região? Preencha abaixo com seu nome e email que entraremos em contato com você! Teremos a maior satisfação em conversar sobre o assunto.

Capacite quem cuida do seu
bem mais precioso

Parceios & Clientes





Últimas do nosso blog

  • Quem é a psicóloga perinatal e parental e como ela atua?

    Quem é a psicóloga perinatal e como ela atua? O Psicólogo Perinatal é aquele que tem um conhecimento específico sobre a mulher e ou casal que apresentam a necessidade pelo acompanhamento psicoterápico, com um olhar voltado para o ciclo gravídico puerperal, como também, a partir do momento em que surge o desejo pela vivência da maternidade. Ele pode atuar no contexto de psicoterapia clinica dentro de sua abordagem, como também, com uma psicoterapia breve, levando em consideração o tempo de gestação, parto e pós-parto, que finalizam. Além disso, ele atua também, com demandas voltadas para o luto perinatal e reprodução assistida. Quem é a psicóloga parental e com ela atua? O Psicólogo parental é aquele que trabalha com a família, com a construção da parentalidade, ou seja, aquela família que acabou de ter bebê e que está vivenciando a sua adaptação aos seus novos papéis (é uma continuidade da perinatalidade), como também, podemos falar que o psicólogo parental irá trabalhar diretamente com famílias no processo da adoção, tanto na espera pela criança, como também, já na concretização. Costumo dizer que a perinatalidade e a parentalidade andam juntas e que uma é continuidade da outra. O processo perinatal é fisiológico, pois a mulher vivencia a gestação, já a parentalidade é s subjetividade do ato de amar, cuidar, criar, educar os filhos. 1- Como e em qual momento sabemos que precisamos dessa profissional? A partir do momento em que a mulher ou o casal decidem pela vivência da maternidade, seja ela como for. Em alguns momentos também, ocorrem essa maternidade de uma forma inesperada. Então ressalto a importância por esta busca da psicologia, para a mulher/casal se readaptar a esta nova realidade. Como e em que momento da gestação ela atua? Pode ou deve ocorrer desde o início. Mas dependemos muito da consciência e conhecimento dessa mãe. Como escolher uma psicóloga perinatal e parental? Através de referências, ir a uma primeira consulta e analisar com se sentiu, como foi acolhida e se essa profissional é empática com seus pacientes. Como identificar que a mamãe pode estar sofrendo de uma depressão pós-parto? Deve-se levar em consideração primeiramente a fala da paciente, quais são seus pensamentos e suas crenças sobre o exercício da maternidade, além de como ela se vê como mãe e mulher. Leva-se também em consideração, os sinais e sintomas que ela apresenta, como: apatia, choro, irritabilidade, desmame precoce, cuidados com o bebê. Para se diagnosticar como depressão, é preciso descartar as características do blues-puerperal. Esse diagnóstico é feito pelo psiquiatra, pois se for confirmado, é necessário a utilização da medicação. Você como psicóloga perinatal e parental referencia no Brasil, qual é a mensagem que você deixaria para as mamães de primeira viagem? Que cuidem da sua saúde emocional desde o momento do desejo de se ter um filho. A gestação (seja biológica ou adotiva), requer uma atenção muito grande para o equilíbrio das emoções. A própria maternidade gera uma tensão muito grande sobre as mães e elas precisam viver esta fase de uma forma muito tranquila, para obter sabedoria e poder conhecer plenamente as demandas do seu bebê. Busquem apoio na psicologia perinatal para desmistificar alguns mitos e poder conhecer a si mesma, exercendo seu novo papel de uma forma empoderada.

  • ENTREVISTA COM SOLANGE CAMPELO

    Hoje, Solange é quem comanda a Direção da Escola Grande passo e ela contou pra nós o que acha da importância da Babá para a educação infantil.

Newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter e receba informações atualizadas sobre nosso blog e eventos. Informe seu nome e email:

(81) 9 9746.7949

(81) 9 9224.3580


Boa Viagem - Recife - PE